Comentários para o Evangelho do Dia

A partir de agora o Evangelho do Dia bem como os comentários para o evangelho, serão postados diretos em nosso site, é só clicar no link abaixo e você irá direto para ele: http://www.discipulosdamaededeus.com.br/evangelho/

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Partilhando o Evangelho com Nossa Senhora, a Mulher Eucarística

O Evangelho de hoje nos leva mais uma vez ao encontro com Jesus Sacramentado. É o próprio Cristo Jesus que nos afirma: "Eu sou o pão vivo descido do céu quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo". Meus amados irmãos, não existe Mistério mais sublime do que o da Sagrada Eucaristia, sacrifício de amor onde o pão vivo descido do Céu se faz nosso alimento, habita em nosso ser miserável e se faz Um conosco! A Hóstia consagrada pelo sacerdote, o pão oferecido em sacrifício é a própria Carne de Jesus. O vinho é o Seu verdadeiro e preciosíssimo Sangue. O corpo de Jesus, carne da carne de Sua Santa Mãe e sangue do Seu Sangue, gerado em Seu ventre imaculado pela intervenção milagrosa do Espírito Santo é dado a nós em cada Santa Missa, e é a participação desse banquete eucarístico que nos levará a vida eterna. Que possamos nos revestir das virtudes da Virgem Maria, Sacrário Vivo de Deus... Que n'Ela comunguemos e adoremos a Jesus sem nunca esquecermos: Nossa Senhora é a Mulher Eucarística, somente n'Ela o Verbo encarnou-se... Ela foi o primeiro ostensório! Olhemos insistentemente para o Seu ventre, e percebamos que nele Jesus quer ser adorado! O Seu olhar misericordioso está fixo em Jesus e nos revela a Sua Sagrada Face. Na Carta Encíclica ECCLESIA DE EUCHARISTIA, o Papa João Paulo II nos diz: "Viver o memorial da morte de Cristo na Eucaristia implica também receber continuamente este dom. Significa levar conosco – a exemplo de João – aquela que sempre de novo nos é dada como Mãe. Significa ao mesmo tempo assumir o compromisso de nos conformamos com Cristo, entrando na escola da Mãe e aceitando Sua companhia. Maria está presente, com a Igreja e como Mãe da Igreja, em cada uma das celebrações eucarísticas" (§ 57). A exemplo do Papa João Paulo II, escravo de amor da Virgem Maria, deixemos guiar inteiramente pela Mãe da Igreja... Ela nos ensinará e nos conduzirá a mais perfeita adoração e vivência eucarística. Não percamos tempo, nos entreguemos a Santa Mãe de Deus, para que n'Ela possamos ter uma vida eucarística... E poder dizer como São Paulo (Gl 2, 20): "Já não sou eu que vivo; mas é Cristo que vive em mim".

"Ó Maria, Mãe puríssima, Templo Santo de Deus, tomai o nosso coração e fazei dele uma morada pura e santa para recebermos dignamente o Vosso Filho Jesus!" (oração retirada do livro: "Santa Missa Mistério da nossa Fé", escrito por Pe. Franz Rudroff)

Maria Cristina

Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus.

Evangelho de hoje - João 6,44-51

Ave Maria,
  • Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 44“Ninguém pode vir a mim, se o pai que me enviou não o atrai. E eu o ressuscitarei no último dia. 45Está escrito nos Profetas: ‘Todos serão discípulos de Deus’. Ora, todo aquele que escutou o Pai e por ele foi instruído, vem a mim. 46Não que alguém já tenha visto o Pai. Só aquele que vem de junto de Deus viu o Pai. 47Em verdade, em verdade vos digo, quem crê possui a vida eterna.48Eu sou o pão da vida. 49Os vossos pais comeram o maná no deserto e, no entanto, morreram. 50Eis aqui o pão que desce do céu: quem dele comer, nunca morrerá. 51Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo”.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

  • Jesus continua falando que Ele é o Pão Vivo. Ele também nos diz que, aquele que comer deste Pão não morrerá jamais. Meus queridos filhos e filhas de Maria Santíssima, infelizmente muitos estão buscando este Pão em lugares errados, em lugares onde jamais vão encontrar. Na verdade até existem muitos lugares a onde se diz encontrar este Pão, todavia vos digo que estão vendendo um pão que não é o Pão do Céu, e sim o pão da vida fácil, dos prazeres da carne, da prosperidade sem lutas. Esse pão infelizmente tem sido bem vendido por ai, já que muitos estão indo atras. Contudo, digo a vocês que todo esse pão que eles estão buscando, perecerá, mas o Pão da Vida que realmente nos alimentará só em Maria Santíssima o encontraremos, pois, foi justamente através dela que Jesus o Pão do Céu veio saciar a nossa fome, e é justamente por Ela que devemos busca-lo. Ele desceu do céu em seu ventre para ai ser fermentado e gerado para matar a nossa fome, a nossa sede de Deus. Busquemos o Pão do Céu em Nossa Senhora e com certeza o encontraremos.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Sabedoria Divina (PHS)

Ave Maria,

  • Praticar esta Virtude é ser prudente em suas decisões. A Sabedoria primará sempre pelo lado correto das coisas, porem, sem machucar ninguém, sem pisar ninguém. Praticar esta virtude, não é ser o mais sábio aos olhos do mundo, mas, o que mais ama aos olhos de Deus.
Santa Maria.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Testemunho de Consagrada na turma de Nova Parnamirim

Ave Maria,
Na ultima 6ª feira 24 de abril tivemos a graça de Consagrarmos mais uma turma. Foi na Paroquia Nossa Senhora da Conceição em Nova Parnamirim. Foram mais de 100 pessoas, entre elas destacamos o testemunho de Cláudia "Potibucana". Graças a intercessão da Virgem Maria, seu marido começa a dar os primeiros passos em busca do Reino. Abaixo segue o seu testemunho.
  • Quero louvar a Jesus pelas mãos da nossa querida Mãezinha do Céu pelo carisma dessa comunidade. Faço parte da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida e estou participando da Consagração à Nossa Senhora. Desde o primeiro dia de encontro, não consigo ficar se quer um dia, sem rezar o Santo Terço. Sinto a presença acolhedora da Nossa Mãezinha o tempo todo comigo. É uma felicidade que não dá pra se explicar. Agradeço a irmãzinha Claudineide, que por meio dos braços dela, Maria Santíssima me abraçou. Irmã, aquele milagre da conversão do meu esposo já começou a acontecer. Na mesma noite que eu falei isso pra senhora, ele se ofereceu para ir comigo à missa do domingo. Muito obrigada a todos!!!
Cláudia que Deus te abençoe e Maria Santíssima te cubra com seu manto sagrado, assim seja!
Quem sabe na próxima turma de consagração você não terá um testemunho lindo como esse para partilhar conosco. Nossa Senhora espera por você para te apresentar ao seu Filho Jesus Cristo. Ela deu o seu sim, e você o que está esperando para dá o seu?

Por: Cláudia potibucana@hotmail.com

Santa Maria.

Quero desposar-te na Fé

Ave Maria,
Numa terça-feira gorda, antes do início da Quaresma, enquanto Santa Catarina de Siena rezava em sua cela, Jesus apareceu-lhe e disse-lhe: "Por minha causa, rejeitaste e te afastaste de todas as vaidades do mundo. Desprezando os deleites da carne, colocaste o prazer de teu coração, somente em Mim. Eis porque, hoje, eu também quero celebrar, solenemente, contigo, a festa das núpcias da tua alma. Assim como te prometi, quero desposar-te na Fé."
Em seguida, "surgiram a Virgem Maria, sua gloriosa Mãe, o bem-aventurado João, o Evangelista, o glorioso apóstolo Paulo, São Domingos e o Profeta Davi. A Virgem Maria, Mãe de Deus, com sua mão santíssima tomou a mão de Santa Catarina, virgem, e, estendendo os dedos em direção a seu Filho, pediu-lhe que se dignasse a desposar Catarina, na Fé. O Filho único de Deus, num gesto afetuoso, de consentimento, apresentou um anel de ouro e, com a mão direita, colocou-o no dedo anular da mão direita de nossa virgem..."
Catarina de Siena (1347-1380), santa italiana, terciária dominicana, doutora da Igreja, foi canonizada em 1461.
Segundo seu biógrafo, Raimondo di Capua (+ 1399), Vida de Santa Catarina de Siena, por volta do ano 1395, citado por Barnay, p. 135

Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

O Evangelho de hoje nos mostra a obediência de Jesus à vontade de Deus Pai, mais do que isso nos leva a refletir sobre a Sua condição de escravo, pelo Seu despojamento e submissão mesmo sendo Deus. No entanto, o santo Evangelho tem algo mais a nos dizer: "Toda pessoa que vê o Filho e n'Ele crê terá a vida eterna". A Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, ensinada por São Luis Maria G. de Montfort, nos faz viver essa verdade de fé. Lembremo-nos que mais do que acreditar é preciso dá-se por inteiro ao Filho de Deus, e de uma maneira mais perfeita consagrar-se totalmente a Ele, Sabedoria Encarnada. "Pois eu desci do Céu", nos diz o Senhor... E Suas palavras, são palavras de vida eterna. Reflitamos: Descido do Céu, Deus, o Altíssimo, Todo Poderoso, encarnou-se. O Senhor desceu do Céu diretamente para o ventre imaculado da Virgem Maria, a mais santa de todas as mulheres, a preferida de Deus Pai... Nesse ventre santo, o Verbo Encarnado, vindo do Céu, foi gerado, nutrido e protegido durante nove meses! Depois do Seu nascimento, o Filho de Deus permaneceu a vida inteira sob os cuidados dessa Mãe de Doçura... Por isso meus amados irmãos, estar Em Maria é uma graça particular que o Senhor concede aos predestinados, àqueles que habitam em Jacó (Ecli 24,13)! Viver sob os cuidados e doçuras da Virgem Mãe de Deus é um privilégio! Pois o primeiro a receber Seus carinhos foi o Amado Filho de Deus, descido do Céu! Antes de começar a Sua Missão, Sua vida pública, Jesus, nosso Mestre e Senhor, quis "abastecer-se de Deus em Maria"... E quem mais do que Ela pode nos fazer enxergar, com nossa humanidade, o Filho de Deus, que é Deus? Quem poderá nos fazer dignos de olharmos a Deus, se não Aquela a quem Deus confiou o Seu maior Tesouro, Jesus? Nosso Deus Altíssimo é o próprio Sol, não somos dignos e não conseguimos enxergar nem mesmo um raio de Sua grandeza com nossos olhos humanos e manchados pelo pecado original. Em Sua Infinita Misericórdia, Deus nos deu a Sua Santa Mãe, para que Por Ela possamos exergá-lO, e com a Sua Fé viva alcancemos o que para nós já foi reservado, a Vida Eterna!

Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós!

Maria Cristina,

Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus.

Evangelho de hoje - João 6, 35-40

Ave Maria,
  • Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 35“Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede. 36Eu, porém, vos disse que vós me vistes, mas não acreditais. 37Todos os que o Pai me confia virão a mim, e quando vierem, não os afastarei. 38Pois eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. 39E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum daqueles que ele me deu, mas os ressuscite no último dia. 40Pois esta é a vontade do meu Pai: que toda pessoa que vê o Filho e nele crê tenha a vida eterna. E eu o ressuscitarei no último dia”.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,
  • Jesus nos diz que quem for a Ele não terá mais fome nem sede. Ele é o Pão Vivo que desceu do Céu. Meus queridos filhos e filhas de Maria Santíssima, Jesus veio até nós, porque o Pai do Céu o enviou até nós. Contudo, Ele não veio já feito homem por si próprio, não que Ele não pudesse, porém, Ele não quis vim assim. Ele pediu o consentimento da Virgem Maria. É através dela que Ele se dá a cada um de nós, e a partir do momento em que Ele escolheu vim até nós pelas mãos de Nossa Senhora, também devemos ir até Ele por Ela. Meu irmão, minha irmã, não estamos inventando nada, está tudo nos evangelhos. Ele realmente veio até nós, por suas mãos. Cabe a nós também irmos a Ele por esse lindo caminho que Ele mesmo nos deixou.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Doçura Angélica (PHS)

Ave Maria,
  • Ter a doçura angélica é ser doce como a Virgem Maria, é tratar a todos com amor, sem discriminação nenhuma, é ver o outro com os olhos de Nossa Senhora.
Santa Maria.

terça-feira, 28 de abril de 2009

São Luis Maria G. de Montfort admirável escravo da Virgem Mãe de Deus

Senhor, dái-nos a graça de termos um amor tão abrasado por Vós, como Seu escravo fiel: São Luis Maria G. de Montfort! Esse sacerdote admirável respirava o amor a Virgem Maria, e não se cansou em ensinar-nos o mais belo e perfeito caminho de santidade... A imitação da Virgem Santíssima. Em sua principal obra, Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, encontramos sua própria alma e o desejo ardente de anunciar aos quatros cantos do mundo uma Devoção sólida e santificante. Àquela que nos leva a total consagração à Sabedoria Encarnada pelas mãos da Santíssima Virgem, a criatura mais perfeita e mais santa, obra prima de Deus. Verdadeiro apóstolo dos últimos tempos a todos inquietava com suas pregações, seu amor pela Cruz – "Jamais a Cruz sem Jesus, nem Jesus sem a Cruz" - nos parece inacreditável, sua sabedoria transparece o seu esforço e sua intimidade com a Mãe da Sabedoria Encarnada. Que esse santo homem seja mais do que um exemplo, seja a nossa esperança de um dia chegarmos ao mais perfeito amor pela Sabedoria Eterna. Que como ele possamos ter a Virgem Maria gravada em nosso coração e em nosso ser, habitando em Sua casa para sempre! Que em nossa boca esteja sempre a espada de dois gumes da Palavra de Deus; em nossos ombros o estandarte ensangüentado da cruz, na direita, o crucifixo, na esquerda o rosário, no coração os sagrados nomes de Jesus e Maria (TVD §59). Quão belos são os suspiros desse escravo de amor... que enchem o nosso coração de um desejo inquieto de deixar-nos consumir inteiramente pelas causas do Altíssimo. Por isso, nos unimos a esse santo baluarte de nossa comunidade, para suplicar ao Senhor que pelas mãos de Sua Santa Mãe inspire novas vocações e envie apóstolos ardendo em chamas pelo amor de Deus, dispostos a toda espécie de sacrifícios em favor do anuncio e vivência da Verdadeira Devoção à Mãe Santíssima! Assim seja!

"Ah! Quando virá esse feliz tempo em que Maria será estabelecida senhora e soberana nos corações, para sujeita-los plenamente ao império de seu grande e único Jesus? Quando será que as almas respirarão Maria como os corpos respiram o ar?

São Luis Maria G. de Montfort, rogai por nós!

Maria Cristina,

Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus.

Hoje comemoramos o dia de São Luis Maria Grignion de Montfort

Ave Maria,

  • Ele nasceu no dia 31 de Janeiro de 1673 em Montfort, França. Pertencia a uma família muito numerosa. Bem cedo, ele sentiu despertar o desejo de seguir o sacerdócio e assim percorreu o caminho dos estudos.Foi ordenado sacerdote no dia 5 de junho de 1700, no seminário de São Sulpício em Paris. Seus primeiros anos de sacerdócio foram dedicados principalmente ao trabalho com os pobres no hospital de Poitiers.Como padre, São Luís começou a comunicar o Santo Evangelho e a levar o povo, através de suas missões populares, a viver Jesus pela intercessão e conhecimento de Maria. O papa Clemente XI o fez missionário apostólico na França, para que empregasse a vida em combater o jansenismo, tão cheio de perigo para a salvação das almas, uma vez que essa heresia buscava afastar os fiéis dos sacramentos e da confiança na misericórdia do Senhor. Nesse combata, na força do Espírito Santo e auxiliado pela santa Mãe de Deus, que nunca deixou de protegê-lo, São Luís divulgou por toda parte a prática da oração do santo Rosário e da Santa Escravidão de Amor, ou seja, a perfeita Consagração a Cristo pelas mãos de Maria, como meio eficaz para viver fielmente a aliança do Batismo. Foi grande pregador, homem de oração, amante da Santa Cruz, dos doentes e pobres. Como bom escravo da Virgem Santíssima, não foi egoísta e fez de tudo para ensinar a todos o caminho mais rápido, fácil e fascinante de unir-se perfeitamente a Jesus, que consistia nessa consagração total e liberal à Mãe de Deus. São Luís era um homem que praticava sacrifícios pela salvação das almas. Sua maior penitência foi aceitar as diversas perseguições que o próprio Maligno derramou sobre ele. Tanto assim que foi a Roma para pedir ao Papa permissão para sair da França, mas este não a concedeu.São Luís M. G de Montfort era ao mesmo tempo perseguido e venerado em toda a parte. A soma de seus trabalhos é, como a de Santo Antonio de Pádua, verdadeiramente incrível e inexplicável. Escreveu alguns trabalhos espirituais, que, bem como suas prédicas e até suas conversas, estavam impregnados de profecias e de visões antecipadas das últimas eras da Igreja. Nesse sentido profético, proclama-se portador, da parte de Deus, de uma mensagem autêntica: mais honra, conhecimento mais vasto e amor mais ardente a Maria Santíssima e anuncia a união íntima que ela terá com a segunda vinda de seu Divino Filho.Fundou duas congregações religiosas, uma de homens, outra de mulheres, ambas muito prósperas.Aos 43 anos de idade, no dia 28 de abril de 1716, em plena missão popular, na pequena cidade de São Lourenço, Luís Maria G. de Montfort é chamado por Deus à glória dos céus. Dia 12 de março de 1853, o papa Pio IX promulgou em Roma o decreto que declarou seus escritos isentos de todo erro. Entre eles, o universalmente conhecido "Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem", que influencia ainda hoje, muitos filhos devotos de Maria, Influenciou, inclusive, o Papa João Paulo II, que o leu ainda na juventude e que por ter passado a viver o que São Luís nos ensina, adotou para sua vida o lema Totus Tuus, Maria, isto é, "Sou todo teu, ó Maria", e para seu escudo papal o M de Maria e a Cruz de Cristo.No dia 22 de janeiro de 1888, o papa Leão XIII declarou-o Beato e Pio XII canonizou-o solenemente no dia 20 de julho de 1947. Dia 20 de julho de 1996, o papa João Paulo II inseriu sua festa no calendário romano universal.
Santa Maria.

Evangelho de hoje - João 6,30-35

Ave Maria,
  • Naquele tempo, a multidão perguntou a Jesus: 30Que sinal realizas, para que possamos ver e crer em ti? Que obras fazes? 31Nossos pais comeram o maná no deserto, como está na Escritura: ‘Pão do céu deu-lhes a comer’”.32Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade vos digo, não foi Moisés quem vos deu o pão que veio do céu. É meu Pai que vos dá o verdadeiro pão do céu. 33Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo”. 34Então pediram: “Senhor, dá-nos sempre desse pão”. 35Jesus lhes disse: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede”.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

  • Jesus é o pão da vida, e quem come deste pão jamais terá fome, pois, todo aquele que realmente for saciado com o Pão do Céu, não mais buscará outro pão a não ser Nosso Senhor Jesus Cristo. Sendo saciado com o este pão, você não buscará as coisas da terra, e sim, as coisas do alto. Busquemos o exemplo da Santíssima Virgem, que foi a primeira a querer o Pão do Céu, quando deu o seu sim ao Anjo Gabriel. Juntos façamos como Nossa Senhora e não mais nos importemos com o pão que perece, mas, com o Pão que nos dá coragem para viver.
Santa Maria.

Virtude de hoje - Paciência Heróica (PHS)

Ave Maria,

  • Esta virtude bem praticada lhe fará um verdadeiro héroi, não por que você vencerá inimigos externos, mas sim, o inimigo que existe dentro de você, que muitas vezes quer te vencer justamente pela falta de paciência com o outro. Não deixe que isso ocorra, e lute para agir com calma e tranquilidade em todas as situações, e assim, conseguirás vencer mais esta batalha.
Santa Maria.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Partilhando o Evangelho com Maria Santíssima

"Esforçai-vos não pelo alimento que se perde, mas pelo alimento que permanece até a vida eterna, e que o Filho do homem vos dará." Hoje o Senhor nos convida mais uma vez a buscar o alimento que sacia a nossa fome, Ele, o Pão da Vida! É por Ele que devemos dar a nossa vida, tudo o que temos, tudo o que somos, pois é assim que nos ensina: "Eu sou o pão da vida: aquele que vem a mim não terá fome, e aquele que crê em mim jamais terá sede." Que possamos dedicar toda a nossa vida para a construção do Reino de Jesus pelas mãos da Santíssima Virgem. Que como a Virgem Fiel empenhemos todas as nossas forças e doemo-nos inteiramente, sem reservas, para que o Senhor realize as Suas promessas! Nossa Senhora é Aquela que nos ensina a todo instante a buscar as coisas do Alto, e a nos dedicarmos, assim como Ela, às divinas vontades do Seu Amado Filho. Que não nos dirijamos ao Senhor em busca de nossas próprias vontades e interesses... Pelo contrário, deixemos que Nossa Mãezinha peça por nós aquilo que Ela perfeitamente sabe que precisamos. Ela, com Seus méritos e virtudes saberá agradar Nosso Deus, além disso, mas do que nós, a Mãe da Divina Providência sabe o que é vontade de d'Ele para nossa vida! Com o coração aberto e sedento acolhamos a Jesus nosso Verdadeiro Alimento de vida eterna, dado a nós pelas mãos imaculadas de Sua Santa Mãe!


Maria Cristina,
Fraternidade Discípulos da Mãe de Deus.

Evangelho de hoje - João 6, 22-29

Ave Maria,
  • Depois que Jesus saciara os cinco mil homens, seus discípulos o viram andando sobre o mar. 22No dia seguinte, a multidão que tinha ficado do outro lado do mar constatou que havia só uma barca e que Jesus não tinha subido para ela com os discípulos, mas que eles tinham partido sozinhos.23Entretanto, tinham chegado outras barcas de Tiberíades, perto do lugar onde tinham comido o pão depois de o Senhor ter dado graças. 24Quando a multidão viu que Jesus não estava ali, nem os seus discípulos, subiram às barcas e foram à procura de Jesus, em Cafarnaum.25Quando o encontraram no outro lado do mar, perguntaram-lhe: “Rabi, quando chegaste aqui?” 26Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, eu vos digo: estais me procurando não porque vistes sinais, mas porque comestes pão e ficastes satisfeitos. 27Esforçai-vos não pelo alimento que se perde, mas pelo alimento que permanece até a vida eterna, e que o Filho do homem vos dará. Pois este é quem o Pai marcou com seu selo”. 28Então perguntaram: “Que devemos fazer para realizar as obras de Deus?” 29Jesus respondeu: “A obra de Deus é que acrediteis naquele que ele enviou”.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,
  • Hoje Jesus nos fala que devemos nos esforçar para conseguirmos não o pão que perece, mas o pão que permanece para sempre. Este pão só Ele poderá nos dá, basta que realmente o aceitemos e passemos a pratica dos seus ensinamentos. E como faremos isso? Quem poderá nos ajudar na busca do pão do Senhor? Maria Santíssima, ela sim poderá nos ajudar a chegarmos com facilidades ao pão da vida, que é o seu Filho Jesus Cristo. Assim seja!

Santa Maria.

Virtude de hoje - Ardente Caridade (PHS)

Ave Maria,
  • Esta virtude deverá lhe colocar na posição do outro, pois, você deverá ver o mundo com os olhos dele, sentir como ele sente, só assim você conseguirá realmente praticar esta virtude, pois, sentindo o que o outro sente, verás o que ele necessita e assim saberás como ajuda-lo.
Santa Maria.

domingo, 26 de abril de 2009

Nossa Senhora do Bom Conselho é comemorada hoje

Ave Maria,

A devoção que comemoramos hoje, remonta a Igreja Primitiva, de forma que não temos dados precisos sobre sua origem. Tão antiga é a devoção que a Mãe do Bom Conselho é invocada na Ladainha Lauretana. Sabemos, contudo, que entre os anos de 432 e 440, o Papa Xisto III mandou construir uma Igreja dedicada a Nossa Senhora do Bom Conselho na cidade de Genezzano, Itália, ao lado de um convento fundado por Santo Agostinho. Esta cidade havia sido doada à Igreja com o advento dos imperadores cristãos, sucessores do Imperador Constantino que, convertido, decretara o fim da perseguição aos cristãos e da crucifixão (ano 312). Genezzano iria ser agraciada, cerca de mil anos depois, com um presente milagroso de Nossa Senhora, como veremos a seguir:

Havia, na idade média, também uma outra igreja, na cidade de Scutari - Albânia, onde o povo venerava com ardor uma imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho, a que eram atribuídos muitos milagres. A devoção crescia vertiginosamente, até que no ano de 1467, maometanos turcos invadiram e dominaram a Albânia, culminando em sérias conseqüências aos cristãos. A perseguição implacável, colocou a Igreja numa situação dificílima, de forma que muitos cristãos tiveram de abandonar o país e, os que ficaram, tiveram de permanecer na clandestinidade . Foi nessa ocasião, que dois albaneses de nomes Solavis e Georgi, ao entrarem no santuário, testemunharam um grande milagre, a princípio, muito intrigante. Uma nuvem divina rodeou a estampa de Nossa Senhora que foi como que retirada da parede e elevou-se ao céu, tomando a direção de Roma, sobre o Mar Adriático. Os peregrinos, impelidos a seguir sua trajetória, passaram a acompanhar a estampa. Com muita confiança entraram no mar e passaram a caminhar sobre as ondas a pé enxuto e o atravessaram até chegar às vizinhanças de Roma. Ali, a estampa rodeada de nuvens foi se afastando até que acabaram perdendo-a de vista.

Ao mesmo tempo, lá na cidade de Genezzano, na Itália, a estrutura da Igreja de Nossa Senhora do Bom Conselho estava seriamente comprometida. A velha igreja construída pelo Papa Xisto III no século V, havia ficado em ruínas não só pela ação do tempo, mas também pela falta de recursos. Há muito tempo, porém, uma irmã da Ordem Terceira de Santo Agostinho, chamada Pedrina, havia tomado à frente do empreendimento, e cuja reconstrução confiou unicamente à Providência Divina, à Santíssima Virgem e ao santo padre Agostinho, fundador da ordem a que pertencia. Aos que duvidavam, respondia com muita fé e confiança que seus esforços não eram vãos e que brevemente seriam postos a têrmo, com a força da graça divina.

Era dia 25 de abril, nos festejos de São Marcos Evangelista, onde também realizava-se uma feira pública naquela cidade e que contava com grande multidão. Repentinamente surgiu no céu uma nuvem em forma de coluna milagrosamente suspensa no ar, chamando a atenção de todos os circunstantes. Tal coluna vagarosamente baixou em direção a uma das paredes mais elevadas da igreja em reconstrução e dissipou-se, imprimindo na parede, à vista de todos, uma imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho, pintada a fresco. Os sinos, por si só, passaram a badalar consecutivamente, causando estupefação pública, conseqüentemente a conversão de muito pagãos em Genezzano. Surpresos, uns aos outros, perguntavam sobre a origem da estampa, quais os desígnios de Deus acêrca de tão grandioso mistério.

A partir deste acontecimento , os padres agostinianos começaram a divulgar o culto à Nossa Senhora do Bom Conselho, e não tardou que o número de fiéis de toda a Itália e países circunvizinhos viessem em peregrinação para reverenciar Nossa Senhora.


Tomando conhecimento do grande milagre ocorrido em Genezzano, os dois peregrinos Solavis e Georgirs, foram também reverenciar Nossa Senhora do Bom Conselho, a quem eram extremamente devotos. Mas, não haviam relacionado o primeiro milagre ao segundo. Chegando na cidade, qual não foi a perplexidade deles ao constatarem que a estampa fixada na parede da igreja era a mesma estampa que haviam visto ser levada aos céus na sua cidade de origem, Scutari. Ficou claro que a estampa havia sido trasladada de um país para o outro pelos anjos de Deus. Com muito entusiasmo proclamaram o fato ao povo local. Foram por isso interrogados por uma comissão e, sob juramento, contaram o que ocorrera na igreja da sua cidade de origem. Detalhadamente narraram desde o momento em que testemunharam ocularmente a estampa que sendo retirada da Igreja de Scutari, a travessia do mar a pé enxuto, a chegada na Itália até o momento em que a perderam de vista. Desvendaram-se assim os milagrosos acontecimentos, simultaneamente ocorridos desde a Albânia até a Itália, para onde a imagem foi levada pelos anjos por desígnio de Nossa Senhora.

O fato foi levado ao Papa Paulo II (Pietro Barbbo - pontificado 1464 a 1471), que na ocasião foi quem iniciou o processo para apurar a veracidade dos fatos.

O Papa Leão XIII mandou construir um altar em seu oratório privado, pessoalmente visitou o santuário, instituiu a Pia União, do qual se fez membro, redigiu poesias e agraciou a igreja de Nossa Senhora do Bom Conselho com o título de "Basílica Menor".

No dia 25 de abril de 1993 (viagem apostólica do Papa João Paulo II à Albânia), mesma data em que a imagem foi levada por anjos de Scutari para Genezzano (25 de abril de 1467), João Paulo II pessoalmente dirigiu-se ao antigo templo e doou umaa reprodução da imagem original, a qual lá foi entronizada, marcando definitivamente a reconciliação do governo e da nação albaneza com a Igreja de Cristo.

O Vaticano, a partir daquele ano, financiou as obras de reconstrução do Santuário, depreciado por consequência da perseguição do regime comunista.

Retirado do sitio: www.paginaoriente.com

Santa Maria.

Oração a Nossa Senhora do Bom Conselho

Ave Maria,
  • Gloriosíssima Virgem Maria, escolhida pelo eterno Conselho para Mãe do Verbo Humanado, tesoureira das divinas graças e advogada dos pecadores, eu, o mais indigno dos vossos servos, a vós recorro para que me sejais guia e conselheira neste vale de lágrimas. Alcançai-me, pelo preciosíssimo sangue de vosso divino Filho, o perdão de meus pecados, a salvação de minha alma e os meios necessários para obtê-la. Alcançai também para a Santa Igreja o triunfo sobre os seus inimigos e a propagação do reino de Jesus Cristo em todo o mundo. Amém.

Santa Maria.

Evangelho de hoje - Lucas 24, 35-48

Ave Maria,

  • Naquele tempo, 35os dois discípulos contaram o que tinha acontecido no caminho, e como tinham reconhecido Jesus ao partir o pão. 36Ainda estavam falando, quando o próprio Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: “A paz esteja convosco!”37Eles ficaram assustados e cheios de medo, pensando que estavam vendo um fantasma. 38Mas Jesus disse: “Por que estais preocupados, e por que tendes dúvidas no coração? 39Vede minhas mãos e meus pés: sou eu mesmo! Tocai em mim e vede! Um fantasma não tem carne, nem ossos, como estais vendo que eu tenho”.40E, dizendo isso, Jesus mostrou-lhes as mãos e os pés. 41Mas eles ainda não podiam acreditar, porque estavam muito alegres e surpresos. Então Jesus disse: “Tendes aqui alguma coisa para comer?” 42Deram-lhe um pedaço de peixe assado. 43Ele o tomou e comeu diante deles. 44Depois disse-lhes: “São estas as coisas que vos falei quando ainda estava convosco: era preciso que se cumprisse tudo o que está escrito sobre mim na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos”. 45Então Jesus abriu a inteligência dos discípulos para entenderem as Escrituras, 46e lhes disse: “Assim está escrito: ‘O Cristo sofrerá e ressuscitará dos mortos ao terceiro dia, 47e no seu nome serão anunciados a conversão e o perdão dos pecados a todas as nações, começando por Jerusalém’. 48Vós sereis testemunhas de tudo isso”.

Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

  • O Evangelho de hoje nos mostra Cristo Ressuscitado dos mortos, Ele que veio trazer a paz para todos. A Boa Nova também nos mostra Jesus confirmando aos apóstolos ainda incrédulos, que tudo o que estava nas escrituras ao seu respeito, tinha que ser cumprido e que a partir de agora eles fossem pelo mundo anunciando os seu ensinamentos. Podemos imaginar que nesta hora, a Virgem Maria que com certeza estava lá, deveria estar pensando: "esse realmente é o meu Filho muito amado, aquele cuja vida foi entregue por todos nós. Meu querido Filho, não se preocupe que eu mesma já estou me encarregando de te levar a todos os cantos da terra, principalmente aos mais carentes e necessitados de ti." Logicamente esse pensamento não está nos evangelhos, contudo, não é difícil de imaginarmos tal cena, pois, quem mais viveu e nos trouxe os ensinamentos do seu Filho, a não ser a sua própria Mãe. Meus queridos filhos e filhas de Maria Santíssima, jamais nos esqueçamos de que Ela foi a primeira a segui-lo e a primeira anunciar os seus ensinamentos.
Santa Maria.

Virtude de hoje - Pureza Divina (PHS)

Ave Maria,
  • Viver esta virtude é viver como uma criança, a qual não tem nenhuma maldade em seu coraçãozinho, pois, por mais que ela faça algo que aos nossos olhos não é correto, no fundo ela só está querendo dizer que nos ama e que precisa de um pouco da nossa atenção. Sejamos como elas puros e homildes de coração.
Santa Maria.

sábado, 25 de abril de 2009

Consagração da Albânia a Nossa Senhora do Bom Conselho de Scutari (III)

Ave Maria,
  • Quando da sua visita a Scutari, no dia 25 de abril de 1993, o Papa João Paulo II pronunciou um discurso emocionante, lembrando que no dia 26 de abril do ano anterior, naquele lugar, o Núncio Apostólico Monsenhor Ivan Dias, na presença de eclesiásticos, padres, religiosas, autoridades civis e grande número de fiéis, confiou a pátria albanesa a Nossa Senhora do Bom Conselho: "Desejo renovar este ato de confiança filial, para que o caminho da Albânia continue sempre sob a especial proteção de Maria Santíssima, Virgem do Bom Conselho!"
    E, dirigindo-se à Mãe Santíssima: "Que a súplica deste povo que vos ama e vos honra, desde tempos imemoráveis, se eleve até vós. Hoje, a Albânia coloca em vossas mãos, suas esperanças e tristezas, seus desejos e necessidades, tantas lágrimas derramadas e o desejo de um futuro melhor. Olhai, ó Santa Mãe, este povo, acolhei suas intenções generosas, acompanhai seu caminho em direção a um futuro de justiça, de solidariedade e de paz. E vós, queridos irmãos e irmãs albaneses, tende confiança nesta Mãe. Maria conhece a estrada da vida de cada um e sabe, exatamente, os desejos de vossos corações. Não vos entregai às ideologias falaciosas e transitórias, mas sim à pessoa de seu Filho, Jesus, Verdade e Vida, em quem resplandece o mistério de Deus e do homem. Que Maria vos proteja hoje e sempre! Que Ela proteja toda a Terra e encontre os albaneses dos Bálcãs e os albaneses dispersos pelo mundo. Que a poderosa oração de Maria obtenha a paz, sobretudo, onde uma guerra absurda causa tantos estragos. Mãe do Bom Conselho, abri os espíritos e os corações, garanti o dom da concórdia e da paz à Albânia e à humanidade! Ou Zoja et Shkodrës, Pajtorja et popullit shqiptar, lutu për en! (Ó Nossa Senhora de Scutari, Padroeira do povo albanês, rogai por nós!)"
João Paulo II, Regina Coeli, 25 de abril de 1993
Santa Maria.

Evangelho de hoje - Marcos 16, 15-20

Ave Maria,

  • Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, 15e disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. 17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados”. 19Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus. 20Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.

Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

  • No Evangelho de hoje, Jesus nos manda irmos pelo mundo anunciando a sua Boa Nova a toda criatura, para que os seus ensinamentos cheguem aos quatro cantos da terra. Que cada um seja um discípulo de Jesus Cristo levando a Boa Nova do Reino. Esta Boa Nova que você terá que levar deve ser ai, em sua casa, no seu trabalho, onde você se encontra. Anunciar a toda criatura, quer dizer isso, anunciar a quem estar do seu lado. Não vamos colocar obstáculos para sermos evangelizadores. Vamos ser apóstolos no estado de vida que nos encontramos, no local onde vivemos, e assim já estaremos levando a Palavra de Deus a toda criatura.
  • Comece buscando o exemplo de santidade da Virgem Maria, pois, ela com seu jeito de agir, foi a que mais anunciou a Boa Nova do seu Filho. No seu silêncio ela já evangelizava a muitos. Pode até parecer contraditório, mas, não é. Nos espelhemos nela e juntos levemos a Boa Noticia.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Mortificação Universal (PHS)

Ave Maria,
  • A prática desta virtude é uma luta espiritual constante, pois, você jamais deverá fazer a sua vontade, por mais que algo esteja acontecendo e não seja do seu agrado, assim, você deverá entregar aquele momento nas mãos da Virgem Maria, para que Ela te de a força necessária para conseguir suportar as adversidades com alegria, seja ela qual for.
Santa Maria.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Consagração da Albânia a Nossa Senhora do Bom Conselho de Scutari (II)

Ave Maria,

  • No dia 11 de fevereiro de 1943, Monsenhor Prennushi, percebendo que o comunismo estava às portas da Albânia, consagrou a nação ao Imaculado Coração de Maria.
    Eis que o comunismo adveio em 1945, promovendo um ateísmo crucial e puro. Estabeleceram a proibição de chamar as jovens de nome "Maria" ou "Ana", substituindo esses nomes por "estrela branca" ou "neve de dezembro". Em 1967, sob o entusiasmo da revolução cultural chinesa, aqueles que ainda resistiam ao ateísmo, eram eliminados pelo ditador Enver Hoxha. E os que pertenciam ao clero foram torturados ou fuzilados.
    O Santuário de Nossa Senhora do Bom Conselho foi demolido. As Igrejas e Mesquitas foram transformadas em estrebarias ou em shoppings. Porém, esta vitória do comunismo ateu foi efêmera: no dia 4 de novembro de 1990, o comunismo ateu caiu e os católicos reconstruíram suas Igrejas.
    A fé retornou, vigorosa, e João Paulo II visitou o Santuário de Nossa Senhora do Bom Conselho, em Genazzaro (Itália) no dia 22 de abril de 1993, antes de se apresentar em Scutari (Albânia), para abençoar o lançamento da primeira pedra que daria início à reconstrução do Santuário de Nossa Senhora do Bom Conselho, Igreja "Zoja e Shkodres", em 25 de abril de 1993": "Considerem, irmãos, que vosso Arcebispo e seu Auxiliar vos foram dados, de certa forma, pelo Papa, mas sob o olhar materno de Maria.
    Esta coincidência simboliza a união dos dois princípios, que Jesus Cristo desejou para a sua Igreja: o princípio apostólico-petrino (de Pedro) e o princípio mariano (de Maria): princípios indissociáveis e complementares, por meio dos quais, o Espírito edifica, a cada dia, a Comunidade dos crentes, e a impele a anunciar a Palavra de Deus com o ardor próprio dos Apóstolos e, sobretudo, a ouvi-la com o coração de Maria." (João Paulo II, Domingo, 25 de abril de 1993). Todos os albaneses estavam reunidos - católicos, ortodoxos e muçulmanos - lado a lado, dando o exemplo de uma coexistência pacífica.

Trechos colhidos de Attilio GALLI, Madre della Chiesa nei cinque continenti (Mãe da Igreja nos cinco continentes), Edizioni Segno, 1996, pp. 15-21.
Santa Maria.

Evangelho de hoje - João 6, 1-15

Ave Maria,
  • Naquele tempo, 1Jesus foi para o outro lado do mar da Galiléia, também chamado de Tiberíades. 2Uma grande multidão o seguia, porque via os sinais que ele operava a favor dos doentes. 3Jesus subiu ao monte e sentou-se aí, com seus discípulos. 4Estava próxima a Páscoa, a festa dos judeus. 5Levantando os olhos, e vendo que uma grande multidão estava vindo ao seu encontro, Jesus disse a Filipe: “Onde vamos comprar pão para que eles possam comer?” 6Disse isso para pô-lo à prova, pois ele mesmo sabia muito bem o que ia fazer. 7Filipe respondeu: “Nem duzentas moedas de prata bastariam para dar um pedaço de pão a cada um”. 8Um dos discípulos, André, o irmão de Simão Pedro, disse: 9“Está aqui um menino com cinco pães de cevada e dois peixes. Mas o que é isso para tanta gente?” 10Jesus disse: “Fazei sentar as pessoas”. Havia muita relva naquele lugar, e lá se sentaram, aproximadamente, cinco mil homens.11Jesus tomou os pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, tanto quanto queriam. E fez o mesmo com os peixes. 12Quando todos ficaram satisfeitos, Jesus disse aos discípulos: “Recolhei os pedaços que sobraram, para que nada se perca!”13Recolheram os pedaços e encheram doze cestos com as sobras dos cinco pães, deixadas pelos que haviam comido. 14Vendo o sinal que Jesus tinha realizado, aqueles homens exclamavam: “Este é verdadeiramente o Profeta, aquele que deve vir ao mundo”. 15Mas, quando notou que estavam querendo levá-lo para proclamá-lo rei, Jesus retirou-se de novo, sozinho, para o monte.

Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

O Evangelho de hoje nos mostra que Jesus veio ao mundo para ensinar a partilha, mesmo quando agente imaginar que não temos tanto para partilhar, pois, é justamente nesses momentos em que achamos não ter o suficiente para todos, que Ele aparece para nos mostrar que precisamos e devemos colocar nossa fé única e exclusivamente nele e assim, conseguiremos dividir não só o pão, mas toda a nossa vida com o próximo. Vamos nos espelhar no exemplo da Mãe de Jesus, que poderia não querer dividir o seu filho com mais ninguém, como muitas vezes nossas mães aqui da terra fazem. Logicamente não fazem por maldade, mas não querem dividir seus filhos com mais ninguém em alguns momentos. Contudo, Nossa Senhora não só dividiu o seu Filho com o mundo, mas o deu ao mundo. Por isso, nós também devemos reconhece-la como -Redentora de cada um de nós. Queiramos ou não é justamente isso que Ela é. Virgem Maria Mãe da Igreja, rogai a Deus por nós.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Contínua Oração (PHS)

Ave Maria,
  • Praticar esta virtude é rezar quando não se tem vontade, é deixar que o corpo fale por você. A continua oração é estar de prontidão como um exercito em ordem de batalha, pois, como diz São Paulo na carta aos Efésios, "não é contra homens de carne e sangue que temos que lutar, mas contra os principados e potestades". Quem pratica esta virtude não vive apenas de joelho rezando, faz mais do que isto, vive a oração maior com a sua própria vida, a oração que Jesus nos deixou. Pai nosso que estais nos céus...

Santa Maria.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

A conversão de Robert Hossein

Ave Maria,
Se Robert Hossein, hoje em dia, multiplica os espetáculos de temas religiosos, é porque ele descobriu a fé, assim, de uma hora para outra, em São Damiano, lugarejo bem simples, localizado na Emília onde a Virgem Santa teria aparecido, pela primeira vez, em 16 de outubro de 1961.
A "vidente" era uma camponesa de cinquenta e quatro anos, apelidada de Mamma Rosa, que veio a falecer em 1984. A Virgem, afirmara ela, lhe ordenara que fizesse de seu jardim um lugar de oração, pedindo-lhe que convidasse o maior número possível de pessoas para que lá fossem rezar. Desde então, e até os nossos dias, ônibus e trens partem de Paris levando fiéis até São Damiano.
Robert Hossein não fizera parte destas "viagens organizadas". Mas, de passagem pela Itália, quando estava na Região de Piacenza, decidiu visitar São Damiano. Até hoje, ele traz consigo, na carteira, uma foto tirada na cidadezinha, em 1971, que lhe fora oferecida por um amador. O negativo desta foto mostra uma estranha deformação no sol, que parece ressaltar o que os fiéis de São Damiano não hesitam em designar como sendo uma aparição da Virgem. Este negativo havia sido vistoriado, à época, pelos técnicos de Leiz France, recebendo certificado de veracidade: não se tratava de um truque.
Desde então, Robert Hossein fez com que o rebatizassem e garante que vive intensamente a sua fé.
Segundo artigo de Emmanuel Peze, retomado no Florilégio Mariano, 1985, de Frei Albert Pfleger, marista
Santa Maria.

Consagração da Albânia a Nossa Senhora do Bom Conselho de Scutari (I)

Ave Maria,
O santuário albanês de Scutari tem suas origens bem distantes, remontando ao século VI. Havia um afresco representando Nossa Senhora, com o Menino Jesus nos braços, imagem cheia de ternura.
No século XV, os turcos muçulmanos, opondo-se, obstinadamente, à fé cristã, invadiram o país e Georges Castriota Scanderbeg, se entregou confiantemente à proteção de Nossa Senhora de Scutari, enfrentando os invasores durante vinte e cinco anos, tendo sido apelidado de "o atleta de Cristo". Porém, em 1647, caiu nas mãos dos muçulmanos, e os albaneses tiveram que escolher entre serem escravos ou partirem para o exílio.
O filho de Scanderbed, Don Giovanni, acompanhou os exilados na travessia do mar Adriático. Foi neste contexto que, no dia 25 de abril de 1467, a imagem da Santa Maria de Scutari, Mãe do Bom Conselho, desapareceu da Igreja de Scutari, reaparecendo noutra Igreja que estava sendo construída pelos Padres agostinianos, em Genazzano, perto de Roma.
Alguns evocam um milagre, mas pode ser que a imagem tenha sido transportada pelos refugiados cristãos, para que o Ícone da Virgem Maria os acompanhasse no exílio. O fato é que, na presença da imagem, muitos milagres aconteceram.
Eis porque fizeram uma reprodução dela, em Gênova, em Monte Cassino e em Frosinone, e mais tarde, em Madri, em Nova York etc.

cf. Mikel Prennushi, La storia di un popolo affidata alla Madonna del Buon consiglio, in "L'Osservatore Romano", sábado, 30 de janeiro de 1993, p. 7
Santa Maria.

Evangelho de hoje - João 3, 31-36

Ave Maria,

  • 31“Aquele que vem do alto está acima de todos. O que é da terra, pertence à terra e fala das coisas da terra. Aquele que vem do céu está acima de todos. 32Dá testemunho daquilo que viu e ouviu, mas ninguém aceita o seu testemunho. 33Quem aceita o seu testemunho atesta que Deus é verdadeiro. 34De fato, aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus, porque Deus lhe dá o espírito sem medida.35O Pai ama o Filho e entregou tudo em sua mão. 36Aquele que acredita no Filho possui a vida eterna. Aquele, porém, que rejeita o Filho não verá a vida, pois a ira de Deus permanece sobre ele”.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,
  • O Evangelho de hoje nos apresenta Jesus como sendo o testemunho vivo do Pai, pois, Ele convive eternamente com o Pai. E tudo o que Ele nos apresenta vem do Pai. Portanto, aquele que crer no Filho também crer no Pai, ou seja, o Pai e o Filho são um só. Assim como, quem ver o Filho ver o Pai, quem vê a Mãe ver o Filho, porque da mesma forma como o Filho dá testemunho do Pai, a Mãe dá testemunho do Filho. Por isso eu vos digo: todo aquele que for pequeno e humilde de coração vá ao Filho pelas mãos abençoadas da Mãe, pois, nós temos que entender que jamais seremos dignos de nos dirigirmos diretamente ao Pai. Como diz São Luiz Maria Grignion de Montfort, se até para falarmos com os reis da terra precisamos de intercessores, quanto mais para falarmos com o Rei de todos os reis. Meus queridos filhos e filhas de Maria Santíssima, sejamos humildes e não soberbos para acharmos que não precisamos de nenhum mediador para irmos a Jesus. E que cada um rogue a Nossa Senhora para que Ela o ajude a chegar com facilidades ao seu Filho.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Obediência Cega (PHS)

Ave Maria,

Viver esta virtude é aceitar o que o outro quer mesmo que você tenha certeza que esta não será a melhor opção para todos, é não discutir quando todos querem uma coisa e você outra, e mesmo assim você abre mão da sua vontade por causa do outro. É aceitar aquilo que você desconhece mas acredita que será o melhor para todos. Sejamos como Maria Santíssima e vamos obedecer mesmo sem saber o que realmente teremos pela frente.
Santa Maria.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Evangelho de hoje - João 3, 16-21

Ave Maria,
  • 16Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. 17De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. 18Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho unigênito.19Ora, o julgamento é este: a luz veio ao mundo, mas os homens preferiram as trevas à luz, porque suas ações eram más. 20Quem pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam denunciadas. 21Mas quem age conforme a verdade aproxima-se da luz, para que se manifeste que suas ações são realizadas em Deus.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

Os versículos 16 e 17 do Evangelho de hoje, bem que poderiam ser lidos da seguinte maneira. 16Maria amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. 17De fato, Maria não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Perdoem-me os que estejam neste momento pensando que sou um ignorante, que sou insano, que com certeza não sei o que estou falando. No entanto meus irmãos, digo a vocês que não estou colando jamais Nossa Senhor no lugar de Deus, como se ela fosse alguma deusa, ou como se ela estivesse querendo concorrer com Deus. Jamais meus queridos filhos e filhas de Deus em Maria Santíssima. Não é esse o meu pensamento, tão pouco desejo que vocês pensem isso, pois, sei verdadeiramente quem de fato é o meu Salvador, o meu Senhor e Mestre. Contudo, digo a todos vocês que Maria Santíssima foi usada por Deus para que Ele enviasse o seu Filho muito amado até nós. E o que ela fez? Tudo o que está nos versículos 16 e 17 deste Evangelho. Foi através dela que Deus se fez homem na pessoa de Jesus Cristo e é através dela que Ele quer voltar para instalar de uma vez por todas o seu Reino aqui na terra. Sem medo de sermos felizes ou de estarmos adorando a Virgem Maria, no lugar de Deus, coisa que realmente não fazemos, sim sem medo, vamos a Ela para mais facilmente chegarmos ao seu Filho Jesus Cristo, pois, Ele sim é quem nos salvará, Ele sim, é quem nos libertará, basta para isso que você se entregue sem reservas a sua Abençoada Mãe, e ela te apresentará ao seu Filho para que Ele através dela te dê o Paraíso.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Fé Viva (PHS)

Ave Maria,
  • Praticar esta virtude de Maria Santíssima é como uma criança que está lá no alto de uma árvore, e sua mãe está lá em baixo dizendo: pule meu filho, pule que eu te seguro. E o que a criança faz? Ela pula sem medo de cair, pois, acredita em sua mãe. A criança crê incondicionalmente que ela não a deixará cair. Façamos como esta criança e vamos nos jogar nos braços da Mãe de Deus. Vivamos esta Fé de Nossa Senhora, uma Fé sem limites.
Santa Maria.

terça-feira, 21 de abril de 2009

É impossível ! A minha hora de morrer ainda não chegou! (I)

Ave Maria,
Um Bispo escocês percorria, sozinho e a pé, as montanhas de sua diocese. Quando se encontrava entre as árvores frondosas da floresta, a noite o surpreendeu, e ele se perdeu. Após voltas e voltas, numa longa procura, encontrou, finalmente, uma choupana onde residia pobre família. Seus bravos moradores o receberam, sem saber de quem se tratava, pois o estranho trajava costume civil, sob longa e pesada capa.
O Bispo, por sua vez, ignorava quem eram seus anfitriões. Seriam católicos? Seriam protestantes? Não havia nenhum indício que pudesse esclarecer tal dúvida. Entretanto, após alguns momentos de mútua reserva e discrição, o Bispo notou que grande tristeza oprimia aquelas pobres pessoas.
Tomando coragem, disse-lhes: "Vocês foram muito gentis e bons para comigo, mas sinto que vocês estão muito tristes." - Infelizmente, o senhor tem razão - respondeu a mãe que parecia estar aguardando esta pergunta para desabafar. - Naquele quarto, ao lado, o nosso velho pai está para morrer. E o que mais nos aflige, é que ele pretende viver ainda, e se recusa, obstinadamente, a se preparar para a morte. - Posso vê-lo? - pergunta, emocionado e surpreso, o Bispo. - Naturalmente, respondeu a mulher, com aquela confiança própria das pessoas aflitas. Em seguida, fez entrar seu hóspede no quartinho onde se encontrava o enfermo.
Efetivamente, o Bispo deparou-se com um velho, reduzido às portas da morte. Parecia que a morte só precisava de mais um passo para atingi-lo. À primeira alusão feita pelo Bispo, a respeito daqueles últimos momentos de vida do enfermo, este último, parecendo retomar todo o seu vigor, respondeu-lhe com firmeza: "Não, a minha hora ainda não chegou." E esta continuava sendo a sua resposta a todas as reflexões que se lhe apresentavam, na intenção de persuadi-lo a se preparar para o momento final.
La Vierge Marie - Petite Somme mariale (A Virgem Maria, pequena súmula mariana), Lyon, 1942, p. 65

Santa Maria.

É impossível ! A minha hora de morrer ainda não chegou ! (II)

Ave Maria,
- Mas, enfim, disse-lhe o Bispo, diga-me por que motivo o senhor acha que será curado. O moribundo respondeu-lhe: - O senhor é católico? - Sim, eu sou católico - respondeu-lhe o Prelado. - Neste caso - disse o enfermo - eu lhe direi por que ainda não chegou a minha hora de morrer. Eu também sou católico, senhor. Desde a minha primeira Comunhão, até hoje, nunca deixei de pedir à Virgem Santa, a graça de não me deixar morrer sem ter um padre em meu leito de morte, e o senhor acha que minha Mãe do Céu deixaria de me atender? É impossível! A minha hora de morrer ainda não chegou. - Meu filho - exclamou o Bispo, profundamente tocado, em seu coração - meu filho, você foi atendido. Este que está falando com você, é mais do que um Padre; ele é o seu Bispo. Foi a Virgem Santíssima quem me enviou aqui, fazendo com que eu me perdesse pelas florestas, e isto para abençoar e colher o seu último suspiro.
Assim, abrindo a capa, fez brilhar, aos olhos do enfermo, a sua cruz pastoral. O doente, extasiado de alegria, exclamou: - Ó Maria, ó minha boa Mãe; eu vos agradeço. Em seguida, volvendo-se para o Bispo, pediu-lhe: - Dai-me a Confissão; agora eu sei que vou morrer. Pouco depois, purificado pela última vez, faleceu cheio de alegria e confiança.
La Vierge Marie - Petite Somme mariale (A Virgem Maria, pequena súmula mariana), Lyon, 1942, p. 66
Santa Maria.

Evangelho de hoje - João 3, 7b-15

Ave Maria,
  • Naquele tempo, disse Jesus a Nicodemos: 7b“Vós deveis nascer do alto. 8O vento sopra onde quer e tu podes ouvir o seu ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece a todo aquele que nasceu do Espírito”.9Nicodemos perguntou: “Co­mo é que isso pode acontecer?” 10Respondeu-lhe Jesus: “Tu és mestre em Israel, mas não sabes estas coisas? 11Em verdade, em verdade, te digo, nós falamos daquilo que sabemos e damos testemunho daquilo que temos visto, mas vós não aceitais o nosso testemunho. 12Se não acre­ditais, quando vos falo das coisas da terra, como acreditareis se vos falar das coisas do céu? 13E ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem. 14Do mesmo modo como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado, 15para que todos os que nele crerem tenham a vida eterna”.

Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

  • Assim como no Evangelho de ontem, hoje Nicodemos continua a buscar as verdades do Alto, ele quer saber se realmente Jesus pode nos dar a nova vida. E Jesus lhe mostra que é o Espirito Santo que nos dará a nova vida.
  • Mais uma vez torno a mostrar a vocês que estão dispostos a mudar de vida. Busquem a Consagração de sua vida a Jesus Cristo pelas mãos da Virgem Maria e tudo lhe será mostrado com clareza, pois, Nossa Senhora nos mostra as verdades do Alto, as verdades de Deus.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Profunda Humildade (PHS)

Ave Maria,
  • Viver esta virtude será maravilhoso não só para nós como também para o outro, pois, os humilhados seram exaltados e quem se humilha é porque sabe amar o próximo independente do que ele é, e tenha ou não feito algo a você. Juntos pratiquemos esta virtude.
Santa Maria.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Evangelho de hoje - João 3, 1-8

Ave Maria,
  • 1Havia um chefe judaico, membro do grupo dos fariseus, chamado Nicodemos, 2que foi ter com Jesus, de noite, e lhe disse: “Rabi, sabemos que vieste como mestre da parte de Deus. De fato, ninguém pode realizar os sinais que tu fazes, a não ser que Deus esteja com ele”.3Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, te digo, se alguém não nasce do alto, não pode ver o Reino de Deus”. 4Nicodemos disse: “Como é que alguém pode nascer, se já é velho? Poderá entrar outra vez no ventre de sua mãe?”5Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, te digo, se alguém não nasce da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus. 6Quem nasce da carne é carne; quem nasce do Espírito é espírito 7Não te admires por eu haver dito: Vós deveis nascer do alto. 8O vento sopra onde quer e tu podes ouvir o seu ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece a todo aquele que nasceu do Espírito”.

Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,
  • Hoje Jesus nos fala que devemos nascer do alto. Esse nascer do alto significa não dar mais importância a nossa vida terrena, e sim, procurarmos seguir os ensinamentos do Deus Altíssimo, aqueles deixados por seu Filho. Maria Santíssima através de nossa Consagração a Ela nos ensinará como buscarmos realmente as coisas do alto, pois, Ela sempre esteve e está ao lado do Altíssimo. Meus queridos filhos e filhas da Virgem Maria, vamos entregar nossa vida a Ela, pois, nos entregando a ela, teremos a certeza de estarmos nascendo para a vida nova em Cristo.
Santa Maria.

Virtude de hoje - Sabedoria Divina (PHS)

Ave Maria,

Praticar esta Virtude é ser prudente em suas decisões. A Sabedoria primará sempre pelo lado correto das coisas, porem, sem machucar ninguém, sem pisar ninguém. Praticar esta virtude, não é ser o mais sábio aos olhos do mundo, mas, o que mais ama aos olhos de Deus.

Santa Maria.

domingo, 19 de abril de 2009

As curas obtidas por intercessão de Nossa Senhora de Laus (II)

Ave Maria,
  • No início dos anos 2000, uma senhora belga se apresentou no setor de acolhida do Santuário, dizendo que havia sido curada da hérnia de disco que a incomodava muito e que estava se exteriorizando. Devido ao seu delicado estado de saúde, os médicos queriam operá-la com urgência, mas ela se opôs, dizendo: "Não, doutor, o senhor não vai me operar; é Maria quem vai me curar!"
    O cirurgião sorriu, dizendo, com ironia: "A senhora acredita em milagres?" "Sim, doutor!", respondeu a senhora. Quatro meses mais tarde, como ela não mais aparecera no consultório, o cirurgião, preocupado, pediu-lhe que fosse visitá-lo e, examinando-a, submeteu-a a um exame de imagem. Estupefato, constatou que a mulher estava absolutamente curada. Ela, sorrindo, perguntou: "Doutor, agora o senhor acredita em milagres?" "Sim, minha senhora, respondeu-lhe, o que a senhora tinha, não poderia ter sido curado, senão por meio de intervenção cirúrgica."
    No mesmo período, o setor de acolhida do Santuário recebeu um telefonema da Austrália. Tratava-se de jovem mãe, pedindo que rezassem por ela, junto à Nossa Senhora de Laus. Efetivamente, ela estava grávida de gêmeos, mas, um dos fetos, segundo o diagnóstico fornecido pela ultrassonografia, sofria de malformação. Eis a resposta que lhe fora dada: "Nós rezaremos pela senhora, mas vamos enviar-lhe, sobretudo, o óleo da lâmpada e, com ele, a senhora fará unções a cada dia, para o bem de seus bebês." Pouco tempo depois, os dois bebês nasceram, ambos, perfeitos. À época, os avós das crianças encontravam-se no Santuário.

Agência Zenit - Repères historiques (Marcas de referências históricas) publicados pela Diocese de Gap, para o reconhecimento das Aparições de Laus, no dia 24 de abril de 2008.
Santa Maria.

Evangelho de hoje - João 20, 19-31

Ave Maria,
  • 19Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e, pondo-se no meio deles, disse: “A paz esteja convosco”. 20Depois dessas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor. 21Novamente, Jesus disse: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio”.22E, depois de ter dito isso, soprou sobre eles e disse: “Recebei o Espírito Santo. 23A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão perdoados; a quem os não perdoardes, eles lhes serão retidos”. 24Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. 25Os outros discípulos contaram-lhe depois: “Vimos o Senhor!” Mas Tomé disse-lhes: “Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei”. 26Oito dias depois, encontravam-se os discípulos novamente reunidos em casa, e Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. 27Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado. E não sejas incrédulo, mas fiel”. 28Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” 29Jesus lhe disse: “Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!”30Jesus realizou muitos outros sinais diante dos discípulos, que não estão escritos neste livro. 31Mas estes foram escritos para que acrediteis que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e, para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

  • A boa nova de hoje nos fala que os discípulos estavam reunidos ainda de portas fechadas, pois, no coração deles ainda havia a duvida sobre a ressurreição de Jesus. Eles ainda não acreditavam que realmente o Senhor voltaria, por isso estavam com medo dos judeus. No entanto com a aparição de Jesus a eles, tudo mudou e o Senhor os enviou a proclamarem a sua Boa Nova. Maria Santíssima já sabia que o seu Filho tinha ressuscitado e certamente no silencio do seu coração apenas estava aguardando a sua manifestação, pois, com toda certeza Cristo deve lhe ter pedido para ainda não contar que Ele já havia ressuscitado. Cristo queria ver até onde ia a fé dos seus discípulos. Entretanto, depois de sua aparição, Nossa Senhora foi a que mais anunciou o seu Filho, pois, ela conviveu com Ele, e mais do que ninguém, ela sim, sabia qual era a vontade dele. E com suas virtudes como a de hoje, a Doçura Angélica, ela muito tem nos ensinado a fazer a vontade de Deus. Ela não faz outra coisa a não ser a vontade Dele. Sigamos esse belíssimo exemplo da Virgem Maria e juntos vamos anunciar o Cristo Ressuscitado.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Doçura Angélica (PHS)

Ave Maria,

  • Ter a doçura angélica é ser doce como a Virgem Maria, é tratar a todos com amor, sem discriminação nenhuma, é ver o outro com os olhos de Nossa Senhora.

Santa Maria.

sábado, 18 de abril de 2009

As curas de Nossa Senhora de Laus (I)

Ave Maria,
Durante as aparições de Nossa Senhora a Benoîte Rancurel, em Saint Etienne Le Laus (Provence, Alpes, Côte d´Azur), as primeiras curas favoreciam adultos e crianças. Um número importante de deficientes visuais foi milagrosamente curado do mal que grassava, então, pela cidade, mal conhecido como belida (turvação na vista). Após haver passado um pouco do óleo do santuário, sobre o órgão lesado, os deficientes visuais passavam a enxergar perfeitamente.
Naquela época, as autoridades eclesiásticas hesitavam, sem saber que atitude tomar em relação aos fenômenos que aconteciam em Saint Etienne Le Laus até que um dia, o vigário geral d´Embrun, Antoine Lambert, organizou uma expedição, tencionando visitar a cidade para estabelecer um inquérito. Ao chegar, assistiu à cura de uma mulher, de vinte e dois anos, Catarina Vial, o que muito o surpreendeu, como segue. Na noite de 18 para 19 de abril de 1665, quando a jovem senhora se encontrava no leito, sentiu que estava conseguindo esticar as pernas, paralisadas e retraídas, havia uns seis anos. Na manhã do dia dezenove, Catarina correu até a Missa que estava sendo celebrada pelo Padre Antoine Lambert, que, ao vê-la curada, extasiado, exclamou, diante de todos: "A Mão de Deus está aí! A Mão de Deus está aí!"

Agência Zenith - Referências históricas publicadas pela Diocese de Gap, para o reconhecimento das Aparições do Laos, 24 de abril de 2008
Santa Maria.

Evangelho de hoje - Marcos 16, 9-15

Ave Maria,
9Depois de ressuscitar, na madrugada do primeiro dia após o sábado, Jesus apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual havia expulsado sete demônios. 10Ela foi anunciar isso aos seguidores de Jesus, que estavam de luto e chorando. 11Quando ouviram que ele estava vivo e fora visto por ela, não quiseram acreditar. 12Em seguida, Jesus apareceu a dois deles, com outra aparência, enquanto estavam indo para o campo. 13Eles também voltaram e anunciaram isso aos outros. Também a estes não deram crédito. 14Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto estavam comendo, repreendeu-os por causa da falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado. 15E disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!”
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,
Hoje a boa nova nos mostra que Maria Madalena foi a primeira a ver Jesus e reconhecendo-o, logo saiu a proclamar esta maravilhosa noticia: "Cristo Ressuscitou, Verdadeiramente Ressuscitou". Entretanto os seguidores de Jesus não acreditaram, pois, queriam ver com seus próprios olhos para poderem acreditar. Realmente eles viram e acreditaram, entretanto digo a vocês: felizes são todos aqueles que acreditarem sem ter visto. Tenhamos a virtude da Fé Viva da Virgem Maria e acreditemos mesmo sem termos visto.
Embora os evangelistas não mostrem que Nossa Senhora foi a primeira a ter visto o seu Filho Ressuscitado, digo a vocês com toda certeza e sem medo de errar, pois, estou revestido das Virtudes da Virgem Maria, que Ela sim foi a primeira a ver seu Filho Ressuscitado. Vejamos bem, se Ela não estava no instante em que Maria Madalena avistou Jesus, é de crer que Ela já o teria visto, se não Ela estaria ali junto com Madalena esperando quem sabe a volta dele, já que Ele disse que Ressuscitaria. Contudo Ela não estava presente nesta cena. Só pode ser porque Ela como Mãe do Redentor já o teria visto. E aqui falo não como teologo, pois, não sou, todavia falo com a voz do coração e apaixonado que sou por Jesus Cristo e por sua Mãe Santissima. Fé não se explica, se vive e se acredita.
Santa Maria.

Virtude de hoje - Paciência Heróica (PHS)

Ave Maria,
  • Esta virtude bem praticada lhe fará um verdadeiro héroi, não por que você vencerá inimigos externos, mas sim, o inimigo que existe dentro de você, que muitas vezes quer te vencer justamente pela falta de paciência com o outro. Não deixe que isso ocorra, e lute para agir com calma e tranquilidade em todas as situações, e assim, conseguirás vencer mais esta batalha.
Santa Maria.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Como imaginar Nazaré, na época de Jesus Cristo? (III)

Ave Maria,
Como explicar o desaparecimento das importantes florestas tão necessárias para manter as termas romanas de Nazaré? O audiovisual sobre a história da Galileia proposto aos turistas e peregrinos que buscam o Lago Tiberíade, explica que, em parte, este fato deriva da decisão de um Sultão do século XVIII, que havia criado um imposto sobre as árvores. Em poucos anos, os proprietários de terras, na Terra Santa, sacrificaram a maior parte de suas árvores, para se abster do pagamento do imposto, o que gerou consequências dramáticas para o clima e para o meio ambiente. A região, então, tornou-se, em pouco tempo, deserta e rochosa.
A etimologia do nome da cidade da Sagrada Família surpreende. A raiz hebraica NZR significa a coroa ou a tonsura: a realeza ou a consagração. Nazaré aparece nesta perspectiva, como a cidade principesca da casa de Davi, na Galileia, concorrendo com os outros descendentes de Davi, de Belém. E, a réplica de Natanael: "O que pode sair de bom de Nazaré?" poderia subentender querelas dinásticas inextrincáveis, em vez de sugerir a possível insignificância do lugar.
Tudo isso pode fazer com que repensemos sobre alguns aspectos da representação que fazemos de Nazaré, no tempo de Jesus, o que jamais mudaria o fato de que, este pequeno burgo da Galileia, foi a aldeia escolhida, desde toda a eternidade, para acolher o grande mistério da Encarnação do Filho de Deus: o local onde o Eterno adentrou o Tempo, no seio da Virgem Maria. O lugar escolhido, para o qual tudo converge, e o lugar bendito, onde tudo recomeça, para a salvação do mundo.
Retirado do sitio: Marie de Nazareth
Santa Maria.

Evangelho de hoje

Ave Maria,
João 21,1-14 (6ª feira - Oitava de Páscoa)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.
  • Naquele tempo, 1Jesus apareceu de novo aos discípulos, à beira do mar de Tiberíades. A aparição foi assim: 2Estavam juntos Simão Pedro, Tomé, chamado Dídimo, Natanael de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu e outros discípulos de Jesus. 3Simão Pedro disse a eles: “Eu vou pescar”. Eles disseram: “Também vamos contigo”. Saíram e entraram na barca, mas não pescaram nada naquela noite. 4Já tinha amanhecido, e Jesus estava de pé na margem. Mas os discípulos não sabiam que era Jesus. 5Então Jesus disse: “Moços, tendes alguma coisa para comer?” Responderam: “Não”. 6Jesus disse-lhes: “Lançai a rede à direita da barca, e acha­reis”. Lançaram pois a rede e não conseguiam puxá-la para fora, por causa da quantidade de peixes. 7Então, o discípulo a quem Jesus amava disse a Pedro: “É o Senhor!” Simão Pedro, ouvindo dizer que era o Senhor, vestiu uma roupa, pois estava nu, e atirou-se ao mar. 8Os outros discípulos vieram com a barca, arrastando a rede com os peixes. Na verdade, não estavam longe da terra, mas somente a cerca de cem metros. 9Logo que pisaram a terra, viram brasas acesas, com peixe em cima, e pão. 10Jesus disse-lhes: “Trazei alguns dos peixes que apanhastes”.11Então Simão Pedro subiu ao barco e arrastou a rede para a terra. Estava cheia de cento e cinqüenta e três grandes peixes; e, apesar de tantos peixes, a rede não se rompeu. 12Jesus disse-lhes: “Vinde comer”. Nenhum dos discípulos se atrevia a perguntar quem era ele, pois sabiam que era o Senhor. 13Jesus aproximou-se, tomou o pão e distribuiu-o por eles. E fez a mesma coisa com o peixe. 14Esta foi a terceira vez que Jesus, ressuscitado dos mortos, apareceu aos discípulos.
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

A Boa Nova de hoje nos mostra Jesus falando para os discipulos jogarem a rede do outro lado do barco, e assim, conseguiriam pescar os peixes que precisavam. E assim foi feito, eles realmente conseguiram mostrando-nos que ao seguirmos a palavra de Jesus, jamais vacilaremos, pois, Ele sempre nos conduzirá ao seu Reino. Com toda certeza a Virgem Maria nunca duvidou da palavra de seu Filho. Ela sempre seguiu os seus conselhos. Se nos espelharmos nela, na sua forma de seguimento do seu Filho, já estaremos com toda certeza a caminho do Reino de Deus.

Virtude de hoje - Ardente Caridade (PHS)

Ave Maria,
  • Esta virtude deverá lhe colocar na posição do outro, pois, você deverá ver o mundo com os olhos dele, sentir como ele sente, só assim você conseguirá realmente praticar esta virtude, pois, sentindo o que o outro sente, verás o que ele necessita e assim saberás como ajuda-lo.
Santa Maria.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Como imaginar Nazaré, na época de Jesus Cristo? (II)

Ave Maria,
  • O segundo fato, que pode nos surpreender, diz respeito à qualidade das habitações e dos objetos encontrados, marcas de uma civilização bem realizada, refinada, que não tem nada a ver com as reiteradas caricaturas, que assimilam o povo de Jesus e de Maria com povos primitivos que viviam em casebres e pardieiros mal construídos e sujos. Muito pelo contrário, as casas, ferramentas, os objetos esculpidos etc., descobertos em Nazaré, assim como o túmulo atribuído a São José, o Justo, revelam uma civilização sensível à qualidade de seu meio, como denotam, igualmente, a beleza e a imponência da pavimentação de Jerusalém, o esplendor dos instrumentos, das ferramentas e dos diversos objetos elaborados para o Templo da cidade, assim como a qualidade das túnicas tecidas à época.
    A terceira grande retificação a ser feita, em relação ao que imaginamos habitualmente, na realidade do nosso tempo, concerne à vegetação luxuriante que existiria, então. A Bíblia descreve a Galileia como sendo uma região, verdejante, situada no centro de um país de onde manavam leite e mel. O historiador Flavius Josèphe testemunha, no seu relato sobre a Guerra dos Judeus: "A Galileia é, em toda a sua extensão, fértil e abundante, rica em pastagens e em árvores variadas. Sua fecundidade encoraja os mais preguiçosos a exercer a atividade da agricultura.
    O solo, da mesma forma, foi valorizado integralmente pelos seus habitantes: nenhuma parcela deixou de ser cultivada. Muitas cidades e, até mesmo, pequenos burgos, são povoados à larga, graças à fertilidade do solo, fazendo com que a menor das aldeias conte com quinze mil habitantes." (Guerra dos Judeus 3, 42-43). Este número e esta descrição que, há até pouco tempo, eram considerados como absurdamente exagerados, foram reabilitados com a descoberta extraordinária, ocorrida no ano 2003, em Nazaré, quando algumas obras realizadas para renovar uma perfumaria, engendraram a descoberta de termas romanas de grande envergadura, a 4,5 m abaixo do nível do mar - metragem atual -, situadas próximas à Fonte de Maria.
    Essas termas que, seguramente, pertencem ao período romano e que chegam a comportar elementos do período helenístico, teriam existido, talvez, no tempo de Jesus, mesmo que a hipótese mais provável as classifique como se tivessem sido construídas a partir do ano 70 d.C. ou como se pertencessem às construções da imperatriz Helena. Porém, supõe-se que naquela época havia frondosas florestas em Nazaré, possibilitando um aquecimento regular nos lares, tal era a quantidade de água e a luxuriante vegetação, fatos que diferem da realidade desses novos dias.
Retirado do sitio: Marie de Nazareth
Santa Maria.

Evangelho de hoje

Ave Maria,
Lucas 24,35-48 (5ª Feira Oitava de Páscoa)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.
  • Naquele tempo, 35os discípulos contaram o que tinha acontecido no caminho, e como tinham reconhecido Jesus ao partir o pão. 36Ainda estavam falando, quando o próprio Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: “A paz esteja convosco!”37Eles ficaram assustados e cheios de medo, pensando que estavam vendo um fantasma. 38Mas Jesus disse: “Por que estais preocupados, e por que tendes dúvidas no coração? 39Vede minhas mãos e meus pés: sou eu mesmo! Tocai em mim e vede! Um fantasma não tem carne, nem ossos, como estais vendo que eu tenho”.40E dizendo isso, Jesus mostrou-lhes as mãos e os pés. 41Mas eles ainda não podiam acreditar, porque estavam muito alegres e surpresos. Então Jesus disse: “Tendes aqui alguma coisa para comer?” 42Deram-lhe um pedaço de peixe assado. 43Ele o tomou e comeu diante deles. 44Depois disse-lhes: “São estas as coisas que vos falei quando ainda estava con­vosco: era preciso que se cumprisse tudo o que está escrito sobre mim na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos”. 45Então Jesus abriu a inteligência dos discípulos para entenderem as Escrituras, 46e lhes disse: “Assim está escrito: o Cristo sofrerá e ressuscitará dos mortos ao terceiro dia 47e no seu nome, serão anunciados a conversão e o perdão dos pecados a todas as nações, começando por Jerusalém. 48Vós sereis testemunhas de tudo isso”.
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,

  • No Evangelho de hoje Jesus deseja a paz para os discipulos, mas eles ficaram assustados, pois, não tinham certeza do que estavam vendo. Porém Jesus mostra que realmente Ele ressuscitou e que a partir daquele instante todos já poderiam mostrar levar esta boa noticia a todos os povos. Jesus Cristo ressuscitou, verdadeiramente ressuscitou. Esta alegria de anunciar que Jesus ressuscitou deve ser transmitida ao maximo de pessoas que você puder. Nossa Senhora com toda certeza foi a primeira a anunciar esta maravilha, muito embora não esteja escrito nos evangelhos. Façamos o mesmo, anunciando o Cristo Ressuscitado no meio de nós.

Santa Maria.

Virtude de hoje - Pureza Divina (PHS)

Ave Maria,
  • Viver esta virtude é viver como uma criança, a qual não tem nenhuma maldade em seu coraçãozinho, pois, por mais que ela faça algo que aos nossos olhos não é correto, no fundo ela só está querendo dizer que nos ama e que precisa de um pouco da nossa atenção. Sejamos como elas puros e homildes de coração.
Santa Maria.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

A primeira pessoa a quem Jesus apareceu foi a sua Mãe

Ave Maria,
Nos Evangelhos, não encontramos nenhuma aparição de Jesus Ressuscitado à sua Mãe.
Sem dúvida alguma, nós podemos atribuir este silêncio ao fato de que, tal testemunho não teria sido recebido por aqueles que negavam a ressurreição do Senhor. Por outro lado, os Evangelhos só nos passam o que é necessário, para que conheçamos a Salvação, por meio de Jesus Cristo. Porém, não podemos crer que a Virgem, presente na primeira comunidade dos discípulos, tivesse sido excluída dentre aqueles que tiveram a graça de rever seu Filho ressuscitado. Pelo contrário, é provável e verossímil que a primeira pessoa a quem Cristo Ressuscitado apareceu, tenha sido a sua Mãe. O fato de Maria não estar junto ao grupo de mulheres que, na aurora nascente, foram até o túmulo de Jesus, pode constituir um indício de que ela já teria reencontrado Jesus.
O caráter único e especial, de sua presença no Calvário, e a união perfeita vivida com o Filho, em seus sofrimentos, inigualáveis e exorbitantes, sugerem uma participação muito especial no mistério da Ressurreição.

Papa João Paulo II Audiência de quarta-feira, 21 de maio de 1997
Santa Maria.

Como imaginar Nazaré, na época de Jesus Cristo? (I)

Ave Maria,
Os peregrinos visitando Nazaré, atualmente, ao descobrir uma cidade com sessenta mil habitantes, plena de vida e, em constante construção, se questionam: "Como deveria ser esta cidade no tempo de Jesus?".
Como imaginar Nazaré e a Terra Santa através do que vemos em nossos dias? Os estudos e as pesquisas feitas fazem-nos pensar que houve grandes mudanças. No Evangelho, Nazaré é conhecida como "cidade", do grego Polis, e não "aldeia", do grego, Comé, o que supõe que ela tinha uma certa dimensão, contando com algumas centenas de habitações. Esta ideia se confirma pela arqueologia, que revela ruínas do primeiro século, encontradas nas circunvizinhanças da Fonte de Maria, ao norte, até o conjunto de espaços situados ao redor da gruta da Anunciação, a mais de 500 m desta, em direção ao sul, onde interessantes escavações foram feitas.
As casas eram, com frequência, apoiadas sobre grutas ou, parcialmente, apoiadas sobre rochedos adaptados, o que permitia que a temperatura fosse regulada. Tais vestígios estão sob a Basílica da Anunciação, na Igreja vizinha, consagrada a São José, perto da Sinagoga de Jesus e, exatamente ao lado, no túmulo do Justo (São José), descoberto no século XIX, no convento das Irmãs de Nazaré, onde a cidade parece terminar, visto que os túmulos ficavam situados, sempre, nos confins externos da parte habitada da cidade.
Quanto ao nível da topografia, as colinas, logicamente, não mudaram muito, em sua forma geral; contudo, existem certas mudanças, pois, sabe-se que a estrada que costeia a Basílica da Anunciação era, até o século XVIII, uma ravina na qual corria pequeno riacho.
Retirado do site: Marie de Nazareth
Santa Maria.

Evangelho de hoje

Ave Maria,
Lucas 24,13-35 (4ª Feira Oitava de Páscoa)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.13
  • Naquele mesmo dia, o primeiro da semana, dois dos discípulos de Jesus iam para um povoado chamado Emaús, distante onze quilômetros de Jerusalém. 14Conversavam sobre todas as coisas que tinham acontecido.15Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles. 16Os discípulos, porém, estavam como cegos, e não o reconheceram. 17Então Jesus perguntou: “Que ides conversando pelo caminho?” Eles pararam, com o rosto triste, 18e um deles chamado Cléofas, lhe disse: “Tu és o único peregrino em Jerusalém que não sabe o que lá aconteceu nestes últimos dias?19Ele perguntou: “Que foi?” Os discípulos responderam: “O que aconteceu com Jesus, o Naza­reno, que foi um profeta poderoso em obras e palavras, diante de Deus e diante de todo o povo. 20Nossos sumos sacerdotes e nossos chefes o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram. 21Nós esperávamos que ele fosse libertar Israel, mas, apesar de tudo isso, já faz três dias que todas essas coisas aconteceram! 22É verdade que algumas mulheres do nosso grupo nos deram um susto. Elas foram de madrugada ao túmulo 23e não encontraram o corpo dele. Então voltaram, dizendo que tinham visto anjos e que estes afirmaram que Jesus está vivo. 24Alguns dos nossos foram ao túmulo e encontraram as coisas como as mulheres tinham dito. A ele, porém, ninguém o viu”.25Então Jesus lhes disse: “Co­mo sois sem inteligência e lentos para crer em tudo o que os profetas falaram! 26Será que o Cristo não devia sofrer tudo isso para entrar na sua glória?” 27E, começando por Moisés e passando pelos Profetas, explicava aos discípulos todas as passagens da Escritura que falavam a respeito dele. 28Quando chegaram perto do povoado para onde iam, Jesus fez de conta que ia mais adiante. 29Eles, porém, insistiram com Jesus, dizendo: “Fica conosco, pois já é tarde e a noite vem che­gando!” Jesus entrou para ficar com eles. 30Quando se sentou à mesa com eles, tomou o pão, abençoou-o, partiu-o e lhes distribuía.31Nisso os olhos dos discípulos se abriram e eles reconheceram Jesus. Jesus, porém, desapareceu da frente deles. 32Então um disse ao outro: “Não estava ardendo o nosso coração quando ele nos falava pelo caminho, e nos explicava as Escrituras?” 33Naquela mesma hora, eles se levantaram e voltaram para Jerusalém onde encontraram os Onze reunidos com os outros. 34E estes confirmaram: “Realmente, o Senhor ressuscitou e apareceu a Simão!” 35Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como tinham reconhecido Jesus ao partir o pão.
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Santa Maria.

Partilhando o Evangelho com a Virgem Maria

Ave Maria,
Hoje a Boa Nova nos mostra que os discípulos de Emaus só reconheceram Jesus quando Ele partiu o pão. E você já reconheceu Jesus em sua vida? Em que momento Ele manifestou-se a você? Você o reconheceu, ou deixou a graça passar? São perguntas que as vezes ficam sem resposta! Contudo, uma pergunta não pode ficar sem resposta em sua vida. O seu sim, em relação a sua aceitação do Reino de Deus, pois, Ele ressuscitou, verdadeiramente ressuscitou. Sigamos a Virgem Santíssima, que foi a primeira a dar o seu sim a seu Filho e a primeira a saber e crer que realmente Ele ressuscitaria. Aleluia Jesus Cristo Ressuscitou!
Santa Maria.

Virtude de hoje - Mortificação Universal (PHS)

Ave Maria,
A prática desta virtude é uma luta espiritual constante, pois, você jamais deverá fazer a sua vontade, por mais que algo esteja acontecendo e não seja do seu agrado, assim, você deverá entregar aquele momento nas mãos da Virgem Maria, para que Ela te de a força necessária para conseguir suportar as adversidades com alegria, seja ela qual for.
Santa Maria.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Não te esqueças dos lamentos de tua Mãe

Ave Maria,

O Eclesiástico dizia: Não te esqueças dos lamentos de tua Mãe. Cristão, filho da Cruz, estas palavras destinam-se a ti: quando o mundo te atrai com suas volúpias, visando a desencaminhar a imaginação com perniciosas delícias, lembra-te das lágrimas de Maria, e não esqueças, jamais, os lamentos desta Mãe tão caridosa. Nas tentações violentas, com as forças esgotadas e os pés vacilantes, recusando o caminho certo, quando a ocasião, o mau exemplo ou o ardor da juventude te instigarem, não te esqueças dos lamentos de tua Mãe.
Lembra-te das lágrimas de Maria, lembra-te das dores crudelíssimas com as quais dilaceraste seu coração no Calvário, deixa-te emocionar ouvindo o grito da Mãe dolorosa. Miserável, qual é o teu pensamento? Queres erguer uma outra cruz, para nela pregar Jesus? Queres mostrar a Maria, seu Filho crucificado mais uma vez? Queres crucificá-Lo outra vez? Queres coroá-Lo de espinhos, calcar, pisotear, diante de seus olhos o sangue do Novo Testamento, e com tão horrendo espetáculo reabrir todas as feridas de seu amor materno? Meus irmãos, a Deus, muito desagrada o sermos tão desnaturados! Deixemo-nos tocar, emocionar pelos gritos desta nossa Mãe.
Jacques Bénigne Bossuet - A compaixão da Santa Virgem
Santa Maria.